Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em Saltos Altos

06
Jan17

Dos cinco tipos de homens que vais encontrar ao longo da tua vida | #segundoelas

emsaltosaltos

tumblr_inline_nbau3m0KEg1r96hxj.jpg 

Isto de ser solteira num mundo em que anda tudo aflitinho por um par tem muito que se lhe diga. Sobretudo para nós mulheres, porque os homens não são raça que se deixe estar quietinha à espera do clique. No entanto, esta condição não tem só coisas más. Pode até e se bem aproveitada, abrir-nos portas a um profundo estudo sociológico sobre o comportamento dos homens deste mundo. E não minhas amigas, nem dá assim tanto trabalho. Porque, normalmente, não precisamos de ir atrás da amostra, ela é que se oferece à porta do laboratório. Adiante.

Após uma recolha exaustiva de experiências, numa boa e divertida conferência feminina, o #segundoelas dividiu os homens que vão aparecendo nas nossas vidas em cinco categorias, a que decidimos dar nomes elucidativos das suas qualidades. Tenham, no entanto, calma rapazes. Nem tudo é regra e – queremos nós acreditar – ainda há por aí homens que se possam enquadrar na categoria de casava-já ou valha-me-deus-que-homem-mais-perfeito. A propósito, se algum desses espécimes estiver a ler este texto pode deixar o contacto que será igualitariamente distribuído por toda a redação.

Enquanto isso, fiquem, meninas, a conhecer os cinco tipos de homens com que se vão, muito provavelmente, cruzar um dia destes na rua – ou numa rede social.

 

  1. O gato-mais-gato

É aquilo tipo de homem que nos faz suspirar só de olhar. Normalmente o gato do ginásio ou o engravatadinho do trabalho, ao estilo Christian Grey. Embora lindos de morrer estes homens têm um enorme problema: acham sempre que são areia a mais para nós e isso leva-os a um estado de superioridade que poucas ou nenhumas mulheres estão para aceitar. É como se estivessem sempre a dizer-nos “olha que giro que sou. Se calhar nem me mereces assim tanto”. E nós, pouco pacientes, não estamos para andar para aí a correr atrás do prejuízo. Se puder ser lindão e com tino tão melhor. Embalagem só não chega, homens desta vida.

 

  1. O que-nem-chove-nem-molha

Há também outra expressão que definiria muito bem esta tipologia, mas dado o seu vocabulário pesado não me parece própria para um espaço de respeito como este. Estes homens, minhas meninas, são dos que mais interessa manter a quilómetros de distância. Porque não fazem absolutamente nadinha que não seja empatarem as nossas vidas. É basicamente o mesmo que ficar entalada entre dois camiões na fila de trânsito. Nem para a trás nem para a frente. Normalmente começam por tentar apanhar-nos numa rede social qualquer e, depois, se nos mostrarmos interessadas em passar ao reality desta vida eles... nada! Adiam, adiam, adiam...até ao fim dos dias deles. Fujam meninas. São seres pouco seguros que não interessam a ninguém.

 

  1. O pintas-lá-do-sítio

Com este a conversa começa sempre da mesma forma: “credo, ele não tem nadinha. Não sei como consegue tantas mulheres”. E puff... obra do destino, em menos de nada somos nós que estamos caidinhas. E são talvez tão difíceis de gerir os desta espécie exatamente porque não sabemos o que eles têm e que nos deixou apanhadinhas. Eu diria que é o paleio, meus amores! Este é o homem que, embora pouco bonito e atraente fisicamente, tem uma lábia, qual feirante qual quê, que nos deixa a babar perante tanta espetacularidade. Normalmente – salvo as abençoadas exceções – são também uns mulherengos mais ou menos, por isso... risco na lista!

 

  1. O já-comi-todas-mas-mesmo-assim-és-a-primeira

Este é provavelmente o homem mais perigoso que vais encontrar na vida. Porque facilmente faz com que te apaixones por ele. Resumidamente, este tipo de homem é aquele que, ao mesmo tempo que se mostra experiente e decidido, passa a vida a dar-te sinais de que és tão especial que estás quase a obter o título de ‘a tal’. É o ‘nunca me senti assim antes’, o ‘nunca foi assim com ninguém’, ou o ‘foste o melhor que me aconteceu’. Mas esse título nunca chega, não te iludas. A pouco e pouco, em conversa, ele vai descair-se e contar-te sobre todas as que já ‘comeu’, algumas tuas amigas provavelmente. É uma farsa, por isso, distância mínima obrigatória.

 

  1. O ficadinho-mas-fofinho

Estão a ver aquele nerd da turma, o mais caladinho ou o que nunca sai à noite? Sim, esse mesmo. Normalmente veste as camisas que a mãezinha lhe engoma religiosamente e raramente o vemos de ténis. Fala pouco e, mesmo quando abre a boca, tem pouca graça. Mas nós mulheres, ainda assim – raça do diabo – conseguimos ver ali potencial. É todo um pensamento categórico. “Ai que se eu lhe despenteasse aqueles cabelos e lhe agarrasse aqueles colarinhos a coisa dava-se”. E pronto – ou prontos como se diz na minha terra – lá estamos nós a pedir explicações da cadeira mais complicada só para ver se o entalamos a jeito entre os livros. Às vezes entalamos mesmo. Outras vezes são eles que nos entalam a nós e nos mostram que de nerds não têm nada. São afinal uns fofinhos.

 

Separador.gif

 

 

This being single in a world where everything is afflicted by a couple has much to tell you. Especially for us women, because men are not a race that stays quietly waiting for the click. However, this condition does not only have bad things. It can, at the very bottom and when well exploited, open the doors to a deep sociological study on the behavior of the men of this world. And no my friends, nor does it gives us so much work. Because, normally, we do not need to go after the sample, she's offering herself to the laboratory door. Ahead.

After an exhaustive collection of experiences, in a good and fun women's conference, the #accordingtogirls divided the men who are appearing in our lives into five categories, which we decided to name their qualities. However, calm down guys. Not everything is a rule and - we want to believe - there are still men who can fit into the category of to-marry or oh-my-god-what-a-perfect-man. By the way, if any of these specimens are reading this text you can leave the contact that will be evenly distributed throughout the essay.In the meantime, girls, let's get to know the five types of men you're likely to meet on a street - or a social network. 

 

1. The hotty-plus-hotty

It's that kind of man that makes us sigh just by looking. Usually the hotty in the gym or the work clothes, Christian Grey style. Although beautiful to die these men have a huge problem: they always think they are too good for us and this leads them to a state of superiority that few or no women are willing to accept. It's as if they were always telling us "look how cute I am. Maybe you do not even deserve me that much.” And we, little patients, are not going to run for the loss. If you can be so handsome and smart the better. Packaging just doesn’t reach the men of this life.

 

2. The neither forward nor backward

There is also another expression that would define this typology very well, but given its heavy vocabulary does not seem appropriate for a space of respect like this. These men, my girls, are of the most interest to keep the miles away. Because they do not do anything but do not tie our lives. It's basically the same as getting caught between two trucks in the traffic queue. You don’t go backwards nor forwards. Usually they start by trying to catch us on any social network, and then if we show interest in moving on to the reality of this life they ... nothing! They delay, delay ... until the end of their days. Run away girls. They are insecure beings that do not interest anyone.  


3. The swankyWith

This one the conversation always begins the same way: "gosh, he has no whip, no whip. I do not know how he gets so many women." And puff ... the work of fate, in less than nothing we are the ones who are fallen. And they are perhaps so difficult to manage the kind of this species exactly because we do not know what they have and what has left us trapped. I would say that it is the chitchat, my loves! This is the man who, although not very handsome and physically attractive, has a liking, which is what makes us such a fool, that leaves us to drool before such spectacularity. Usually - except for the blessed exceptions - they're also some kind of women, so ... risk on the list! 

  1. The “I’ve been with her, her and her…oh her too”

This is probably the most dangerous man you'll ever meet. Because it easily makes you fall in love with him. Briefly, this type of man is one who, while being experienced and determined, spends his life giving you signs that you are so special to him that you are almost getting the title of 'the one'. It's the 'I've never felt this way before', the 'never been this way with anyone', the 'you've been the best that happened to me', the 'you're my priority'. But that title never arrives, do not deceive yourself. Little by little, in conversation, he will go down and tell you about all that he has already been with, some of your friends probably. It's a fake, so we required minimum distance.

  1. The Nerdy-But-Cute

Are you seeing that nerd in the class, the quietest or the one who never goes out at night? Yes, that one. He usually wears the shirts that his mother hugs him religiously and rarely see him as tennis. He talks little and even when he opens his mouth, he has little grace. But we women, still - devil race - we get to see potential there. It's all categorical thinking. "Oh, if I tousled those hair and grabbed those collars, then it would work." And ready – ‘or ready as they say in my land’ - we are there to ask for explanations of the most complicated discipline just to see if we get ‘stuck’ between the books. Sometimes we get. Sometimes they are the ones who get in the way of us and show us that they aren’t that nerds. They are, after all, cuddly.