Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em Saltos Altos

02
Jul17

O drama dos meus braços...

emsaltosaltos

IMG_9479.JPG

Há quem se queixe da barriga, das coxas, do rabo, das pernas... eu queixo-me dos meus braços. Não que ame tudo o resto - sei dos meus defeitos e dos meus pontos fortes - mas o que me agonia mais são os meus braços. Foram sempre, desde que me lembro. Nunca tive braços magros. Nunca. Mesmo quando estive magra - com 46kg para ser mais precisa. Até nessa altura os meus braços continuaram roliços. 

Sei que tenho os ombros e antebraços largos em grande parte graças à natação, que pratiquei desde muito cedo. Ainda não tinha três anos quando iniciei as aulas e só as deixei mais de uma década depois. Isso fez com que, naturalmente, o meu corpo se moldasse à prática. Talvez por isso, por muito que emagreça ou muitos exercícios que faça, os meus braços nunca ficam magros. Eles emagrecem um pouquinho sim, mas nunca ficam com aquele efeito 'seco', estão a ver? E isso traduz-se num drama diário. Quem me conhece bem sabe que seleciono muito a minha roupa em função dos meus braços. Se os deixar muito à mostra ou tiver um corte estranho nas cavas está fora de questão. Tenho pouquissimas coisas de alças finas - excluindo a roupa de praia - precisamente por isso. Não gosto dos meus braços. E acho que nunca vou gostar. Aceito-os, claro, até porque são perfeitos e saudáveis, felizmente. Mas prefiro sempre defender-me em relação a eles. Porque são assim o primeiro defeitinho para onde olho nas fotos. E não, nunca em nenhuma foto eles saem bem. Alguém conhece por acaso algum truque para favorecer os braços em fotos? Talvez isso pudesse ajudar um bocadinho e me desse um pouco mais de confiança.

Ainda assim, mesmo que não os ame, aprendi com o tempo a valorizar o que tenho. E acho que esse é o segredo. Não só para os braços, mas para tudo na vida.