Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

emsaltosaltoss

17
Fev18

Diário de uma viagem: Milão em 3 dias!

emsaltosaltos

IMG_5755.JPG

 

Quem me segue pelas redes sociais como o Instagram e o Facebook já sabe que aproveitei as mini-férias do carnaval para viajar até Milão. Até Milão e assim com um saltinho a Veneza, mas disso falaremos noutro post. 

A escolha da cidade não foi assim óbvia, mas não dececionou. O facto de saber que Milão é uma cidade cheia de arquitetura interessante também deu um empurrãozinho à decisão.  

Creio que Milão tenha imensassss coisas para ver, mas os três dias que passei na cidade foram suficientes para um primeiro roteiro - aquele dos monumentos que aparecem nos mapas e que não queremos deixar de fotografar para a posteridade. No entanto, sempre que visito uma cidade também me gosto de perder pelo que vai para lá do postal turístico. Por outras ruas - e outros prédios. E pelas pessoas, sobretudo pelas pessoas. E foi aqui que Milão me impressionou mais. Grandes avenidas, lojas luxuosas, pessoas extremamente elegantes e bem vestidas (a propósito, não há pessoas gordas em Milão, sabiam?!); e do outro lado, ali assim mesmo encostado - como quem chama por pertencer à realidade - muitos, M-U-I-T-O-S sem abrigo. Pessoas muito jovens, muitas delas, a quem a vida deu uma sapatada cedo demais. Muitos com verdadeiras 'casas' montadas onde o frio não entra tanto. Muitos com cães e gatos como companhia. Muitos que já nem pediam. Só estavam ali. Como que a lembrar-nos que nem só de grandes avenidas se fazem grandes cidades. E isso fez-me muita confusão. Muita. Já tinha estado em outras cidades onde isso acontece (até no Porto acontece), mas não assim. Pelo menos não que me tivesse tocado tanto. 

Mas adiante - foi só para deixar a nota de que Milão é uma cidade de contraste e que não devemos ir à espera de encontrar só uma capital da moda. É mais do que isso.

Quanto à gastronomia, Milão é exatamente o que se espera encontrar. Boas pizzas, boas massas e boa gastronomia local. No entanto, nada como comer cá por Portugal, não é mesmo?

Quanto às temperaturas, fiz uma mala a pensar em morrer congelada, porque me diziam que a cidade era muito fria, mas não foi o que achei. Tivemos quase sempre sol e as temperaturas não foram muito diferentes das do Porto. Um bom sobretudo e umas luvas resolveram a questão. No entanto, acredito que com chuva seja mais chato.

De modo geral, a minha visita rápida a Milão foi isto. Os sítios que visitei estão um pouco pelas fotografias e sobre eles não há muito a dizer. Gostava de ter trazido fotografias do topo dos terraços do Duomo, mas depois de pagar o bilhete e subir a primeira imensidão de escadas, as minhas vertigens falaram mais alto e não consegui subir o resto. Talvez fique para uma próxima. 

Para um próximo post fica também Veneza e ainda os segredos que levei comigo na mala e que foram os grandes aliados destes dias. Até lá. :)

 

IMG_5740.JPG

 

IMG_5741.JPG

 

IMG_5742.JPG

 

IMG_5743.JPG

 

IMG_5744.JPG

 

IMG_5745.JPG

 

IMG_5746.JPG

 

IMG_5747.JPG

 

IMG_5748.JPG

 

IMG_5749.JPG

 

IMG_5750.JPG

 

IMG_5751.JPG

 

IMG_5752.JPG

 

IMG_5753.JPG

 

IMG_5754.JPG

 

IMG_5759.JPG

IMG_5760.JPG

IMG_5761.JPG

IMG_5762.JPG

 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Comentários recentes

  • Helena Duque

    Este texto deixou-me com as lagrimas nos cantos do...

  • Ninita

    Compreendo e dou-te todo o meu apoio.È uma vida mu...

  • Marta Moura

    A mala é muito gira.

  • Guilty Girl

    Adoro o conjunto do meio da primeira fila!

  • Narciso Baeta

    “Às dores inventadas prefere as reais, doem muito...