Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

emsaltosaltoss

15
Jun19

Oh fatos de banho meus...

emsaltosaltos

À medida que os anos vão passando gosto cada vez mais de fatos de banho. Não porque esteja a perder forma física - creio até que estou a ganhá-la, à custa de treino e esforço - mas porque comecei a privilegiar a elegância e o conforto. Que levante o braço quem depois de uma bolinha de Berlim não fica com aquela dobrinha na barriga. Ou quem, na hora da bendita selfie, tem que procurar ângulos que escondam a ausência de abdominais. Ou quem - veja-se - não pode dar um mergulho sossegada sob pena de perder os triângulos pequeninos que escondem as maminhas. Pois eu - rapariga para lá de prática - tenho feito por usar e abusar de fatos de banho. Não enterrei o biquíni definitivamente - até porque há modelos aos quais não resisto e que tenho de usar - mas que o coloquei como segunda opção, isso sem dúvida.

Cresci e atravessei a adolescência numa fase em que o fato de banho era coisa só de velhas. As miúdas novas - e giras - usavam biquíni. E quanto mais pequenino melhor. Eu nunca fui uma adolescente magra. Nem pouco mais ou menos. Então lembro-me bem de não gostar de me ver em biquínis. Mas também tinha vergonha de usar fatos de banho. Porque ninguém usava. Agora - felizmente - opções não faltam. E acabaram-se os julgamentos. O fato de banho - essa icónica peça - já não é mais de velha. É um ícone de elegância e simplicidade que - permitam-me - traz ao de cima o melhor de qualquer mulher!

 

Captura de ecrã 2019-06-15, às 14.42.31.png

 

Captura de ecrã 2019-06-15, às 14.42.33.png

 

Captura de ecrã 2019-06-15, às 14.42.34.png

 

Captura de ecrã 2019-06-15, às 14.42.36.png

 

 

2 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Comentários recentes