Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

emsaltosaltoss

25
Abr18

Um Viva à Liberdade!

emsaltosaltos

25_Abril_1983_Porto_by_Henrique_Matos_01.jpg

 

Não me lembro, obviamente, do 25 de abril. Mas isso é normal se atendermos ao facto de ter nascido só em 1992. O que, diria eu, não será tão normal, ou pelo menos tão fácil de perceber é este sentimento - que eu acredito partilhar com os demais da minha geração - de que o 25 de abril de 74 foi um acontecimento que aconteceu há muito, muito tempo, assim quase noutra encarnação. Automaticamente não associamos que os nossos pais já eram nascidos, que os nossos avós se lembram e que o viveram, até. Mas, creio, isto é sinal de que tudo o que se conquistou com a Revolução surtiu efetivamente mudanças e efeitos nas nossas vidas. Porque, felizmente, nunca nos vimos privados da nossa liberdade, e nem sequer conseguimos imaginar a nossa vida assim. 

Felizmente! E um viva à Liberdade.

E, por isso, talvez eu também não seja a melhor pessoa para vos falar desta data. Porque só se conhece bem um conceito, quando lhe conhecemos o contrário. E, como vos digo, não o conheço. Só (me) conheço na liberdade de pensar, de dizer, de agir e de fazer. Na liberdade, sobretudo, de ser. Porque, isso sim, há de ser a maior conquista do 25 de abril. Levantarmo-nos todos os dias com a certeza de que somos livres para sermos quem quisermos ser. No país que nos escolheu e que nós escolhemos. Neste cantinho que, homens e mulheres corajoso, tornaram neste sítio para viver.

 

Felizmente! E um viva à Liberdade!

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Comentários recentes

  • Helena Duque

    Este texto deixou-me com as lagrimas nos cantos do...

  • Ninita

    Compreendo e dou-te todo o meu apoio.È uma vida mu...

  • Marta Moura

    A mala é muito gira.

  • Guilty Girl

    Adoro o conjunto do meio da primeira fila!

  • Narciso Baeta

    “Às dores inventadas prefere as reais, doem muito...